sábado, 12 de novembro de 2016

Alessandro Buzo entrevista os dois protagonistas do seu segunda filme: Fui ! Brenalta Silva e Camila Lobato.



O filme: Fui ! que tem previsão de início de filmagem após o Carnaval 2017 é o segundo do cineasta Alessandro Buzo, que já dirigiu (junto com Toni Nogueira) Profissão MC, que teve o Criolo, na época ainda Criolo Doido, como protagonista.
Agora o filme em questão será filmado no Litoral Norte de São Paulo (Camburi, Camburizinho, Boiçucanga, Maresias), 100% com atores não profissionais, todos da região.
O filme da Suburbano Convicto Áudio Visual, vai ter parcerias com outras produtoras como DGT Filmes, Periferia Invisível, Cacau Ras na edição. Um filme que irá acontecer com ou sem dinheiro, no momento, apesar de afirmar que faremos o filme, não temos apoio nenhum, além da força da comunidade local que desde quando anunciamos o projeto, se mostra a fim de participar e ajudar.
- Apesar dos atores serem todos locais, a equipe é toda de São Paulo, apoio de pousadas e restaurantes serão bem vindos. Diz Buzo.
E ele mesmo, o diretor, que traz agora essa entrevistas exclusiva com eles, os protagonistas de FUI !
Com vocês, Brenalta Silva e Camila Lobato.

***
Fotos: Alessandro Buzo



Brenalta Silva e Camila Lobato
Protagonistas do filme: Fui !

***

Alessandro Buzo: Quem é o Brenalta Silva e Camila Lobato pra quem não conhece ?
Brenalta:
Bom eu sou rapper desde 2012, integrante do coletivo voz da rua mc's. Apaixonado pela escrita e o rap nacional.
Camila Lobato: Eu sou uma pessoa simples, de bem com a vida, cozinheira e turismologa, que prezo muito por minhas amizades, sou uma pessoa que adora uma boa conversa, eu amo falar rsrs.


Onde você mora no Litoral Norte, fale do seu entorno, seu bairro ?
Brenalta: Moro no bairro de boiçucanga desde que nasci, amo minha quebrada, mato e morro por ela.
Camila Lobato: Moro em Maresias, que é uma das praias mais conhecidas do Litoral Norte Paulista, com ondas perfeitas para o surf e a beleza da Mata Atlântica o bairro tem na área de hotelaria e gastronomia, suas maiores fontes de renda.


Desde quando mora no Litoral Norte e como chegou a região ?
Camila Lobato:
Moro no LN faz 16 anos, passei uma temporada morando na Australia, e quando voltei pra Sampa foi muito triste, morava perto da Av Paulista, tínhamos um restaurante no Brooklin, Restaurante Cambury, o litoral norte sempre presente rsrs, o tempo que demorávamos pra nos locomover era surreal, um dia chegaram uns construtores querendo comprar a casa, que era onde ficava o restaurante, ai começamos a procurar alguma coisa na praia, primeiro Ubatuba, onde eu gostava muito de ir desde criança, mas minha mãe achava muito longe, nessa epoca minha irma fazia faculdade e vinha muito pra Maresias com as amigas, então minha mãe venho ate aqui e gostou muito, era uma época muito boa pra comercio, em especial restaurante, ficamos 8 anos nesse corre, e paralelamente tb eu trabalhava em um hotel em Juquehy, Juquehy Praia Hotel, comecei a trabalhar lá no caixa do restaurante do hotel, em poucos meses estava ajudando no departamento financeiro, lá a empresa investe muito no seu colaborador, e então comecei a fazer faculdade no Guarujá, essa lida foi grande 4 anos que eu acordava as sete da manha tomava um busão aqui em Maresias ia ate Juquehy, saia do trabalho as quatro e meia pegava um bus ate a pista e depois um ônibus fretado ate o Guaruja, eu chegava em casa uma hora da manha e começava tudo de novo, passada essa lida de facu, tive uma filha Alice que hoje tem 5 anos, então ficou inviável pra mim fazer todo dia essa viagem ate Juquehy, como temos nosso próprio negocio em Maresias.


Buzo: Como foi pra você receber o convite pra ser protagonista do filme FUI ! .... ?
Brenalta:
Me senti honrado ao receber o convite, e pretendo me esforçar ao máximo pra que o trabalho saia perfeito
Camila Lobato: Foi totalmente inesperado, achei que era brincadeira, pq eu não sou atriz, nunca fiz nada parecido, mas fiquei muito lisonjeada com o convite, e vi que não tinha como recusar, devido a importância pra nossa região.


Buzo: Qual as expectativas pra esse trabalho ?
Brenalta:
Minhas expectativas são positivas, através do filme as pessoas vão conhecer um pouco do meu trabalho e o mais importante de tudo é que minha quebrada será valorizada como ela merece.
Camila Lobato: Nossa acho que vai ser muito legal, pq vai falar do nosso cotidiano, a trama também tem muito da vida real, e quando temos a chance de abordar assuntos que está diretamente ligado ao comportamento dos jovens eu acho que só tem a acrescentar.


Buzo: Como vê a importância de um filme 100% com moradores "locais" de São Sebastião ?
Brenalta:
O fato do filme só ter atores locais, valoriza muito a nossa originalidade, e isso ta faltando no ramo artístico atual.. As pessoas fingem o tempo todo, e com este filme nós (atores) vamos atuar de ser a gente. Rs
Camila Lobato: Isso é a parte mais bacana do filme, trabalhar com a galera daqui, estão todos já na maior pilha pra participar, geral querendo ajudar, tenho certeza que todos vão se envolver, e se orgulhar do resultado final.


Buzo: Qual a sua atuação cultural no momento ?
Brenalta:
Minha atuação cultural atual é múltipla. Eu canto com o voz da rua, participo de um programa sobre hip hop na rádio local, sou organizador de uma batalha de mcs na quebrada...
Camila Lobato: Eu procuro sempre me envolver em eventos locais, no momento apresento o Sarau Suburbano que acontece mensalmente no Cartola.



Buzo: Um time ?
Brenalta
: São Paulo futebol clube💜
Camila Lobato: Vixe eu sou suspeita, na minha família somos todos São Paulinos, a família do meu pai, sempre se envolveu muito com o futebol, meu pai Wilson, que é morador de Pirituba, sempre jogou bola no bairro, chegou a jogar na Portuguesa, mas naquela época não tinha todo esse glamour que cercam os jogadores de hj e ele acabou desistindo.


Buzo: Um filme ?
Brenalta:
Hotel Ruanda
Camila Lobato: Sonhadora, direção John Gatins e música composta por John Debney.
Acho que esse filme todos já viram na seção da tarde, Sonhadora, que dá nome ao filme, era uma egua que era uma grande promessa do turfe, mas sua carreira é subitamente interrompida por um acidente em uma corrida, com uma pata quebrada ela não tem mais nenhum futuro esportivo e seu proprietário quer sacrificá-la, então pai e filha assumem a árdua e impossível tarefa de, primeiro, fazer a potra voltar a andar e, por fim, voltar às raias e vencer a Breeders’ Cup Classic. Nessa jornada pai, filha e avô estabelecem profundos laços de amizade e companheirismo a garra da menina é uma coisa tão forte. É um filme que me emociona toda vez que vejo.





Buzo: Um livro:
Brenalta:
Capão Pecado - Ferréz
Camila Lobato: Caçador de Pipas autor Khaled Hosseini, editora: Nova Fronteira
O livro conta a história da amizade entre Amir e Hassan, dois meninos quase da mesma idade, que vivem vidas muito diferentes no Afeganistão da década de 1970. Amir é rico e bem-nascido, um pouco covarde, e sempre em busca da aprovação de seu próprio pai. Hassan, que não sabe ler nem escrever, é conhecido por coragem e bondade. Os dois, no entanto, são loucos por histórias antigas de grandes guerreiros, filmes de caubói americanos e pipas. E é justamente durante um campeonato de pipas, no inverno de 1975, que Hassan dá a Amir a chance de ser um grande homem, mas ele não enxerga sua redenção. Após desperdiçar a última chance, Amir vai para os Estados Unidos, fugindo da invasão soviética ao Afeganistão, mas vinte anos depois Hassan e a pipa azul o fazem voltar à sua terra natal para acertar contas com o passado.



Buzo: O que te faz feliz ?
Brenalta:
A música me faz feliz.
Camila Lobato: Um dia de sol com a minha galeguinha na praia.




Buzo: Como vê a chegada minha "Buzo", na cena cultural do Litoral Norte ?
Brenalta:
Sua chegada Buzo, na quebrada, vai agregar muito na cultura, por tudo que representa e pelo espírito de fazer mais do que falar.
Camila Lobato: Só tem a acrescentar a sua chegada aqui na nossa area, vejo que a galera já vem curtindo muito Sarau Suburbano, essa aproximação que colocou a molecada em evidencia, eles olham pra você e pros convidados que trazemos pro Sarau e pensam que tem mais pessoas que estão ai pra dar uma virada nesse cenário, onde todos que moram na periferia não tem voz, a sua história inspira a galera.



Buzo: Considerações finais pra quem leu essa entrevista ?
Brenalta:
E pra quem leu a entrevista, espero que acompanhem todo o processo do filme, vai ser muito bom, aguardem!!
Camila Lobato: Espero que todos curtam nosso filme que vai ser feito com muito carinho e envolvimento da nossa quebrada, estamos todo muito felizes com essa oportunidade, e espero que traga coisas positivas pra todos.

FIM



Buzo e os protagonistas do seu novo filme

***

www.buzo10.blogspot.com
www.filmefui.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário